Dicas LinkedIn

Empreendedorismo no LinkedIn. Mais uma forma para alavancar o seu negócio.

16.05.17

O crescimento das taxa de empreendedorismo no Brasil continua em alta. Segundo dados da pesquisa realizada pela Global Entrepreneurship Monitor (GEM) 2015, quatro entre cada dez brasileiros estão criando seus negócios.

Ainda segundo a instituição, ser seu próprio chefe é o quarto principal sonho dos brasileiros, atrás apenas do sonho de viajar pelo Brasil, comprar a casa própria e um automóvel.

Muito embora empreender seja uma alternativa dos brasileiros para contornar as dificuldades sócio-econômicas, cada vez mais tem se tornado um formato para visionários que enxergam a oportunidade de oferecer algo inovador no mercado e investem em suas ideias.

O fato inegável é que ninguém empreende um negócio pensando em não dar certo. Todos querem crescer, aumentar o número de clientes, potencializar suas vendas e seguir caminhando para o quinto sonho da lista.

É natural que as pessoas ajam com cautela para investimentos no início de um negócio, ainda mais diante da instabilidade econômica que vivemos. Porém, contrariando essa tendência, as crises sempre trazem oportunidades – especialmente, porque é nesse momento que despontam os problemas que impulsionam as inovações.

Os desafios em termos de custos são enormes; pesada carga tributária, burocracia, difícil acesso ao crédito, gargalos de infraestrutura e falta de profissionais qualificados. Depois de transpor estas barreiras, chega a vez de divulgar o negócio. Chega o momento de contar ao mercado sobre a solução que está chegando. A resposta que está sendo oferecida. Qual dor está sendo curada.

Mesmo com investimento inicial, qualquer negócio é favorecido com redução de custos. E é exatamente na intersecção entre comunicar sem onerar as despesas que entra a maior rede profissional da internet.

Inicialmente posicionado como uma plataforma para divulgação de Curriculum Vitae e, consequentemente, ambiente para profissionais buscarem empregos e empresas buscarem talenos, uma marca consolidada no LinkedIn deve ser considerada uma vantagem competitiva.

Sim, o LinkedIn pode ajudar a alavancar mesmo o seu pequeno negócio porque:

  1. A empresa vem trabalhando para ser a plataforma mais eficiente para o engajamento das marcas com o seu público. Derrube o mito de que o LinkedIn é só para procurar emprego.
  2. São quase 470 milhões de usuários no mundo, aproximadamente 30 milhões no Brasil, com 100 mil perfis sendo criados semanalmente. A probabilidade de o seu cliente fazer parte destes números é alta.
  3. A ferramenta possibilita a segmentação do público, o que otimiza recursos, gera engajamento e evita “tiro no escuro” – do tipo, empresa de logística tentando vender seu serviço para um coach.
  4. Uma marca pode se beneficiar de várias funcionalidades gratuitas da plataforma, como Company Page, Slide Share, Publicações e Campanhas. Segundo dados da empresa, 50% dos usuários afirmam que são mais suscetíveis a fazer negócios com uma empresa a qual interagem no LinkedIn.
  5. Ainda na esfera das funcionalidades gratuitas, é possível gerar percepção de confiança da sua marca; engajar com seu público, gerar leads e converter em vendas.

Uma pesquisa da B2B Business Behavior Study de 2014, apontou que 72% dos decisores de compras usam as redes sociais para buscar soluções. O mesmo estudo mostra que 64% dos compradores de B2B dizem terem sidos impactados por conteúdos significativos.

 Quais os passos para divulgar a sua ideia, serviço ou produto no LinkedIn?

  1. Como empreendedor, crie um perfil campeão e que traga conteúdo relevante ao negócio – sem ter aquele jeito de “copiar e colar” do CV;
  2. Utilize o resumo do perfil para vender sua ideia e responder ao leitor porque você tem a resposta que ele tanto procurava;
  3. Amplie sua rede de conexão constantemente, de maneira estratégica e com foco público de interesse ao seu negócio;
  4. De forma alguma fique enviando mensagens com “apresentação da sua empresa” para seus contatos. Muito pelo contrário, ofereça conteúdo de valor;
  5. Seja interessante e não interesseiro. Publique no Pulse artigos relevantes e que ajudem o leitor a resolver um problema;
  6. Depois de um perfil turbinado, crie a company page da sua empresa e mantenha contato direto com os seguidores.

Por fim, deixe transparecer a paixão que acompanha o empreendedor, o brilho da sua ideia e a genialidade do seu serviço na maior rede profissional da internet. E bons negócios. Conheça o meu novo curso online LinkedIn para Empreendedores.

COMPARTILHE com sua rede caso ache que pode ser de ajuda para mais pessoas. Se gostou do artigo é so CURTIR. E claro, todo COMENTÁRIO é bem-vindo.

Obrigada pela leitura. Até a próxima.

Luciane Borges

*artigo originalmente publicado na minha coluna da revista A Empreendedora.

Leia mais sobre Carreira | LinkedIn | Networking | Marca Pessoal | Presença Digital | Empreendedorismo no meu blog 

Convido-o a visualizar meu canal no youtube e assistir a todos os vídeos da série: Como Destacar o seu Perfil no LinkedIn.

Gostou? Dê um like e passe adiante!